jan 062011
 

“Quem é este Jesus?” (Papa Bento XVI, declarando que a Igreja deve suscitar esta pergunta no coração dos homens)

O Monge sabe do risco que corre em cometer qualquer tipo de sacrilégio ao querer responder esta pergunta. Mas acontece que não resisto à tentação de tecer comentários sobre religião, fé e Igreja Católica. Convenhamos, assuntos polêmicos assim são quase sempre interessantes. No entanto, procuro evitar o discurso inflamado dos teóricos ateus, sempre prontos a apontar as falhas históricas e retóricas da Igreja, a fim de justificar seu desejo de que nada exista além da nossa realidade material. Continue reading »

jan 022011
 

Cinebiografias são difíceis por duas razões, basicamente: a vida – ou pedaço dela – da figura retratada na tela (seja história, artística ou de qualquer estirpe) tende a ser dramatizada por seus realizadores em prol de um apelo público maior – de forma pragmática: eles colocam elementos para que o filme venda. E, também, as pessoas vêem esses filmes enquanto verdade. “Nossa, mas ele era um beberrão escroto”, muitos dizem sobre o Jim Morrison do filme de 1991 dirigido por Oliver Stone, The Doors. Continue reading »