dez 182010
 

Por que o joelho tem rótula (patela) e o cotovelo não tem? (André, do outro lado da sala)

Boa pergunta. Uma passada rápida no Google (pai da sabedoria de improviso) traz a conclusão de que a rótula (ou patela, o nome mais recente utilizado pela Medicina; pessoalmente, já que não sou médico, prefiro chamar de “rótula” porque é mais fácil ligar esse nome ao osso em questão; “patela” me parece um nome saído da tabela de preços do açougue), enfim, aquele ossinho arredondado no meio do joelho, é uma característica dos membros posteriores (os detrás) de diversos mamíferos. Por exemplo, cachorros gatos e cavalos possuem rótula nas patas traseiras, e também os primatas como o chimpanzé e o gorila. Além do ser humano, lógico. Continue reading »

dez 152010
 

Monge, perguntar não ofende: Em que as mulheres são melhores do que os homens? (Vitor Pucciarelli)

Em diversas coisas, meu caro. Por exemplo, em conseguir o que quiserem dos homens, quando quiserem. Também são muito boas em exercer disputas desnecessárias entre elas mesmas, especialmente com relação a roupas, cabelos e homens. Neste sentido, Continue reading »

set 282010
 
A Cidade
Avó é barriga de aluguel da filha e bebê nasce hoje

CI – Medicina + amor de mãe.

Gazeta Ribeirão
RP cai em ranking de qualidade de vida.

CI – Nós já tínhamos percebido.

Folha de São Paulo
Dilma cai em todas as regiões e crescem as chances de 2º turno

CI – Oscilação?

O Estado de São Paulo
Chávez sai enfraquecido das urnas na Venezuela
O Globo
Chávez perde maioria absoluta no Congresso

CI – E fica bem bravo.

Correio Braziliense
Arruda: “Eleger Roriz é mostrar que o crime compensa”

CI – O roto falando do rasgado.

Zero Hora
Escutas revelam mortes ordenadas das prisões

CI – Nos 14 meses de investigação, quantas ordens foram impedidas?

Estado de Minas
PF vai vigiar as eleições em 45 cidades de Minas

CI – Não tinha que ser em todas?

Jornal do Brasil
Petrobras com 30% dos papéis, gera alta na bolsa

CI – Vai uma ação da 4ª maior empresa do mundo?

Valor Econômico
Indústria se prepara para a forte demanda de Natal

CI – Duendes do Papai Noel.

set 032010
 

Qual o motivo de uma simples dor de cabeça incomodar tanto? (Hélio “Zitto” Sbroion Rocha)

A dor de cabeça é um dos males mais comuns da humanidade. E uma dos mais incapacitantes também, perdendo apenas para a dor de barriga. Deixamos de lado muita coisa quando sucumbimos ao incômodo latejante na caixa de pensar. Trabalho, estudo, namoros e baladas. A obrigação e a diversão ficam de lado quando a enxaqueca ataca, e a única coisa que queremos saber onde diabos fica o botão que irá desligar aquela maldita sirene berrando silenciosamente lá dentro.

Exatamente por isso a dor de cabeça é uma das desculpas mais comuns quando não se quer fazer alguma coisa. Todos conhecem os efeitos devastadores de uma enxaqueca forte, daquelas bem brabas mesmo. Do tipo que rezamos para que o professor tenha em dia de aula, ou que os maridos rezam para que a mulher não tenha na lua de mel. E como é um mal individual, sem sintomas visíveis, não dá para saber quando a dor é de verdade ou não. Para terror dos mencionados maridos.

Ah, mas para isso inventaram a aspirina e similares, não? A fórmula da aspirina é muito antiga, lá do tempo dos gregos e egípcios. Por séculos a fio o homem utilizou-a para aplacar a dor de cabeça e outros males como febre e inflamação das articulações. Mas foi somente no século XIX que a ciência começou a desvendar os mecanismos químicos da substância no sistema nervoso. Mas não cabe descrever este processo aqui, pois é muito chato. Deixo essa parte por contado meu amigo Zitto, autor da pergunta. É mais a área dele.

Da mesma forma, detalhar os processos fisiológicos da dor de cabeça seria enfadonho, para não dizer pretensioso. O que é que o Monge entende de Medicina que não pode ser lido na Wikipédia? Assim, quando a dor de cabeça atacar de verdade, tome uma aspirina. Ou algum medicamento à base de dipirona, se você não se dá bem com o ácido acetilsalicílico. E se por acaso a dor persistir, procure um médico. Mas não se esqueça de verificar se a sua dor de cabeça é de verdade. Do contrário, o remédio não vai fazer efeito mesmo.