Manchetes – 12/12/2010

 Posted by at 12:45 pm  Manchetes
dez 122010
 
A Cidade
Rachas colocam em risco o trânsito de sete bairros

CI – Em uma sociedade que avisa onde estão radares de trânsito, só falta detalhar as avenidas e datas das blitz contra rachas!


Gazeta Ribeirão
Obras e educação lideram visibilidade no governo

CI – Positivas e negativas.

Conferência da ONU surpreende e fecha acordo sobre clima

CI – Para humano ver.


Estado de Minas
Madoff mineiro vai se entregar à polícia

CI – Ficou barato pagar a conta!


Folha de São Paulo
Rio quer ocupar todos os QGs do tráfico em 2 anos

CI – É só cumprir o dever.


Correio Braziliense
Quadras do Plano viram cracolândias

CI – Culpa do ‘Quadrado dos 3 Poderes’.


O Globo
Confiança na PM dobra em favela controlada por UPP

CI – Óóóóóóóh!


Jornal do Brasil
Lei pode regular guarda de animal

CI – O cachorro sou eu, digo. é meu.


Zero Hora
Nova era no videogame

CI – ôh Mãããããããe, o Pedrinho está brincando com o portal dimensional sem autorização!


Valor Econômico

Sem edição aos finais de semana.


Revistas


Carta Capital
É Natal no Nordeste

CI – Eldorado.


Época
100 – Os brasileiros mais influentes em 2010

CI – Fofocas políticas.


Veja
Homem-Bomba

CI – Homem-humano.


Istoé Dinheiro
Porque eles valem tanto?

CI – Coisas do capitalismo.


Istoé
Nossos filhos na Internet

CI – Estão mudando o mundo.


Exame
Os compradores

CI – Senhores da grana.



CI – Comentário Inconfidente

Em vinte anos…

 Posted by at 10:55 pm  Pergunte ao Monge
out 062010
 

Monge, de 20 anos pra cá nota-se uma evolução absurda da tecnologia. As crianças estão cada vez mais ligadas em computadores, videogames e outros ”vícios tecnológicos”, e os relacionamentos virtuais estão cada vez mais abundantes. Nesse sentido, como você enxerga a sociedade daqui a 20 anos? (Julieto, juliopucciarelli@gmail.com)

É um belo exercício de imaginação. Daqui a duas décadas, como estará o mundo? É importante pensar nesse tipo de assunto, ainda mais no contexto em que vivemos hoje. Desastres ambientais, sociais e políticos assolam o planeta, e todo mundo finge que está tudo bem. Pense no mundo 20 anos atrás. Início da década de 90 e tal. A crise ambiental já era iminente, tanto que o Rio foi palco da Eco92, a maior conferência do gênero até então. E que não resolveu muita coisa, exatamente como nos dias atuais. Na política, então, nem se fala. Era mutreta atrás de escândalo. Exatamente como nos dias atuais.

A sociedade já estava dominada pelo individualismo consumista, e a TV já cumpria seu papel de expor tudo em excesso, exatamente como a internet faz. A diferença é que os atores agora somos nós. Computadores e celulares já existiam, mas eram luxo. No máximo, uma novidade. A grande “revolução cultural” do entretenimento era o CD, e posteriormente o DVD. Nesse meio tentaram também com aqueles Laser Discs enormes, CDs do tamanho de um disco de vinil. Era o início do formato digital, mas muito aquém da interação existente hoje. No máximo, uma troca de aparelho de som. Porém, ninguém esperava que a internet fizesse com o formato digital o que as antigas fitas cassetes fizeram com o vinil: você pode gravar facilmente uma cópia do disco para o seu vizinho. E na rede, todo mundo é vizinho de todo mundo.

Em 20 anos, as tecnologias com as quais lidaremos são imprevisíveis. Sonhávamos com carros voadores e robôs executando serviços diversos para 2010, e não foi exatamente o que aconteceu. Mas vivemos hoje uma revolução cultural tão ou mais significativa do que aquela vivenciada nos anos 60/70, quatro décadas atrás. E esta mal foi registrada pelas lentes tecnológicas da época.  O que a tecnologia pode fazer pelas nossas vidas não é o mais importante, mas sim o que cada geração pode fazer com elas. É fácil prever que em 20 anos estaremos com os mesmos problemas de sempre, ou até pior. Mas são os reflexos do que vivemos hoje que ditarão qual revolução estaremos vivendo no começo da década de 2030. E quem sabe, dirigindo carros voadores movidos a energia solar. Por que não?



jun 182010
 

A Cidade

MP faz proposta para reabrir as negociações com médicos

CI – Conversando e CUMPRINDO, todos se entendem.

Gazeta Ribeirão

Clima sufocante

CI – Pulmão flex.

O Estado de São Paulo

Ficha Limpa valerá para condenados antes da lei

CI – Justo.

Folha de São Paulo

Sem Morumbi na Copa, SP muda plano do metrô

CI – Manda para a Zona Leste.

O Globo

TSE bane destas eleições todos os já condenados

CI – Amém.

Correio Braziliense

Lula fecha o cofre após farra de reajuste

CI – Cofre vazio.

Jornal do Brasil

Brasil estende a mão aos EUA

CI – Bíblico.

Estado de Minas

Político com ficha suja está proibido de disputar eleição

CI – Já dissemos Aleluia?

Zero Hora

Ficha Limpa vale para condenações antigas

CI – Aleluia!

Valor Econômico

Concorrência entre cartões já diminui custos do varejo

CI – É pouco!

CI – Comentário Inconfidente