Sina brasileira

 Posted by at 8:52 am  Artigos, T.I.
mai 222011
 

Ter conduta séria no Brasil é um contra-senso. Pois você nasce em um país onde a principal rede de televisão é criminosa e a maioria dos veículos impressos são comprados pela conveniência publicitária. Toda defesa do jornalismo se resume a luta de uma classe desesperada em manter uma reserva de mercado e não na publicação dos fatos verdadeiros. Os representantes públicos são tomados por ‘corruptos de natureza’ e um trabalho de transparência em órgãos públicos prova que isso é a regra. Todos os malfeitos são justificáveis quanto atingem alguém popular e no Judiciário a vestimenta dos juízes é preta, porque se branca fosse, viveria encardida.

No fim das contas o povo, depois de tanto trabalhar, prefere mesmo é cerveja, futebol e novela. Porque a religião virou empresa, o roubo pelos bancos virou piada e já que o perdão é para todo mundo, a consciência pesada não incomoda enquanto o pão estiver garantido.

Deus é brasileiro. O filho é pródigo.

 

mar 222011
 

Afinal, o que o Obama veio fazer no Brasil? (pergunta repetida incessantemente no inconsciente coletivo brasileiro)

O Monge acredita que a visita do senhor presidente pop dos EUA, Barack Obama, foi repleta de boas intenções. Boa intenção de tomar uma caipirinha, comer uma picanha, assistir a rodas de capoeira, visitar o Cristo Redentor… Afinal, turismo é sempre bem intencionado, não é?

No xadrez da geopolítica internacional, a visita ao Brasil foi mais do que estratégica. Primeiro, pelos afagos americanos ao povo brasileiro, que tanto admira quanto protesta contra o presidente Obama. O Brasil é diversificado também politicamente, ao contrário do que dizem por aí, que somos apenas massa de manobra. Às vezes sim, é verdade. Mas gostamos de fazer nosso próprio barulho de vez em quando. Resta saber se à rasgação de seda pessoal do Mr. President seguirá uma política econômica que reflita tal admiração pelo Brasil. Continue reading »