mar 102011
 

Ó, estimado leitor,

Que em toda sua vida a luz da sabedoria alcance seu caminho

Que as peripécias do destino não peguem-no de calças curtas

Sem saber o que fazer, o que dizer, como agir

Que em todos os percalços vindouros, fatalmente

Tenha sempre uma opção, uma saída

Que sua mente não seja tomada por dúvidas mesquinhas

Na hora de tomar uma importante decisão

Pois o leitor, como sabemos, é um sábio

E enxerga na vida muito mais

Do que uma simples sucessão de dias

Vai, leitor, segue seu destino

Seja feliz, amargo, triste, contente, emocionado, retraído

Todas as estradas são suas,

Todo conhecimento lhe pertence

Mas quando tiver alguma pergunta por responder,

Um questionamento que não pode ser resolvido sozinho

Sobre qualquer assunto, mesmo

Não se prive em mandar uma Pergunta para o Monge

Ficarei mais do que feliz em ajudá-lo!

(Afinal, o Monge também deve seguir seu próprio destino

E seu caminho está repleto de perguntas alheias a serem respondidas

Ô, Vida Boa!)




Confira também

coded by nessus

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>