fev 102011
 

Monge, e o Curintia, mano?? (Vitor Pucciarelli)

É, meu caro Vitor, o tal Corinthians já esteve melhor das pernas. E o Monge nem está falando do joelho do Ronaldo. É natural que, para um time de tamanha importância e longevidade no futebol brasileiro, a história seja repleta de altos e baixos. Mas convenhamos, um ano de centenário sem título nenhum e uma eliminação na Pré-Libertadores é uma tremenda de uma fase ruim. E não há vitória contra o Palmeiras que pode mudar isto.

Sem contar a trágica morte do jogador William Morais, cujo contrato pertencia ao clube. Mas o pior momento que o Corinthians viveu nestes últimos tempos foi a reação violenta da torcida após a derrota para o Tolima. Quebradeira, pixações, pedrada em ônibus, ameaças a jogadores, dirigentes e familiares. O que tudo isto tem a ver com futebol, ninguém sabe.

O fato é que o Corinthians é um time passional. Sua torcida inflama-se por qualquer motivo, para o bem ou para o mal. Corintianos sofrem deliberadamente pelo seu time, e parecem gostar disto. É a marca maior do clube. Ame ou odeie. A torcida ama, todo o resto da população odeia. Entre as torcidas rivais, o Corinthians provoca muitos momentos de raiva (os Palmeirenses, outros torcedores fanáticos, com certeza estão fulos da vida), mas também as maiores tirações de sarro.

E que venham os próximos Cem Anos, Sem Libertadores!




Confira também

coded by nessus

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>