nov 032010
 

Monge, em todas as cidades do Brasil acha-se travestis. Nas cidades da Europa os travestis são brasileiros. Por que o Brasil tem esse fascínio por travestis? Freud explica? (Leonildo Jr., por email)

Pobre Freud, sempre é evocado quando o assunto possui algum cunho sexual. É verdade que Freud foi quem mais significativamente nos disse que a sexualidade assume diversas formas, e que isso é normal. Mas não foi ele o criador de todas as fantasias, apenas aquele que acendeu a luz do quarto, com todo mundo ainda lá dentro.

A prática de ser homem e vestir-se de mulher é muito antiga, presente em quase todas as sociedades civilizadas. E pode haver ou não um caráter sexual-fetichista na ação, o que confunde a cabeça de muita gente. Por exemplo, há um conhecido cartunista nacional que há anos conta a saga de um crossdresser, um homem que se veste de mulher e assume uma personalidade feminina, sem necessariamente pender para o homossexualismo. E não é que o dito cartunista recentemente foi dar uma entrevista vestido de mulher? Não que ele quisesse fazer uma piada, mas contou que se identificara com o personagem, assumindo a vestimenta feminina no seu dia a dia. E continua casado e pai de família, bem entendido.

Mas voltando ao cerne da pergunta, os travestis. Não é um fenômeno exclusivamente nacional, tampouco contemporâno, como já foi dito. Como as mulheres brasileiras possuem a fama de serem das mais belas do mundo, ocorre que as “bonecas” daqui aproveitam-se desta fama para exibir seus dotes quase femininos para os estrangeiros. É o lado obscuro da globalização, que traz consigo o turismo sexual e a prostituição internacional.

Há de se tomar cuidado para não cair no preconceito de que todo travesti se prostitui, mas existem pesquisas contando que a maioria dos travestis e transexuais entrevistados já fez pelo menos um programa alguma vez na vida. O motivo acaba sendo extremamente perverso do ponto de vista social: a discriminação. Pobre do rapaz que passa por uma crise de gênero sexual, investe tempo e dinheiro para parecer uma mulher, e de repente não é aceito nem como mulher nem como homem no mercado de trabalho. E como hoje em dia o mundo dá voltas cada vez mais rápido, não é difícil surgir uma oportunidade para atender ao gosto dos estrangeiros pelo exotismo das brasileiras. Mesmo que elas venham com algo a mais.




Confira também

coded by nessus

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>