Valor

 Posted by at 4:28 pm  Artigos, T.I.
ago 252010
 

por Marcelo Dias (marcelodias@inconfidenciaribeirao.com)

O valor pelo trabalho varia por diferentes características. Mas no geral se destacam as profissões com melhores salários. Médicos, advogados e engenheiros foram tripés tradicionais do século passado. Que família não prezou por um doutor em sua árvore genealógica?

Essa cultura já destruiu carreiras brilhantes de atores, cantores, escritores e muitas outras deixadas no caminho da necessidade financeira. Sempre atreladas à figura de ‘desocupados’ ou ‘sonhadores’. “Isso é ideologia, meu filho”, diriam os pais.  Até no campo sentimental muita gente já ouviu a famosa frase “primeiro o arroz, o amor vem depois”. Ou seja, você é livre para fazer o que quiser, mas case-se com alguém rico e/ou escolha uma profissão rentável. Ideologia? É coisa de vagabundo, para os fracos.

Mas e quem “cuida” do pato? De certa forma uma comunidade pode sobreviver sem um cantor profissional ou um escritor de romances. Mas e o caminhoneiro? O porteiro? E o lixeiro? Impossível. São essenciais, básicos e imprescindíveis. Você poderia sobreviver sem as profissões que provavelmente mais admira. Dependendo da situação, basta um dia sem um dos acima citados e a sociedade viraria um caos.

Perguntar não ofende – Como se define valor mesmo?




Confira também

coded by nessus

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>