ago 242010
 

Na sua opinião, o que uma pessoa deve fazer quando dá aquela pisada na bola? (“um leitor assíduo…”, anjinhaucb@gmail.com)

Bom, meu querido leitor (ou querida leitora, já que o endereço do email enviado é do gênero feminino), quando uma pessoa dá uma pisada na bola forte mesmo, daquelas que fazem qualquer casa cair, a única coisa que se pode fazer é levantar e seguir em frente. Ninguém está imune a cometer erros históricos, mesmo em situações em que tudo pode ir por água abaixo.

É comum acharmos que o mundo é injusto é cruel quando erramos feio em alguma coisa. Que a sociedade espera que todos sejam perfeitos e infalíveis, e isso se torna uma pressão insuportável sobre o pobre ser humano. Ledo engano. A civilização não parte do princípio de que ninguém pode errar jamais, pelo contrário. Ela tem seus dispositivos legais, penais e morais justamente para dar conta dos erros cometidos por seus integrantes. E vale lembrar, nem todo vacilo é necessariamente um crime.

A questão volta-se para a esfera individual: temos sérios problemas pessoais em admitirmos nossos erros. Todos nós. Porque sempre temos nossos motivos para cada ação que realizamos, sejam elas certas ou não. E por diversas vezes cometemos erros, mas a intenção era boa. E nos sentimos injustiçados quando o outro – seja um único indivíduo ou um grupo social – não compreende nossas razões, ou nossas falhas. Que muitas vezes a gente mesmo também não compreende muito bem, mas pelo menos entende mais de si mesmo do que qualquer outra pessoa, não?

Então é hora de encarar os próprios erros. Não falo só de assumir para si, embora seja uma etapa importante para não cair na autoflagelação mais tarde. Mas assumir o erro perante o outro, para o meio em que se vive. Compreender que toda ação tem suas consequências, e são exatamente com estas que se tem de lidar depois que a burrada já foi feita. Paciência e bola pra frente.

ago 242010
 

A Cidade

Candidatos a transplante em RP disputam fígado em SP

CI – Jogo sujo.

Gazeta Ribeirão

Leite Lopes bate recorde de passageiros em julho

CI – E aguenta?

O Estado de São Paulo

Déficit externo triplica no ano e atinge US$ 28,2 bilhões

CI – Compras internacionais.

Folha de São Paulo

PSDB agora vai priorizar a eleição em quatro Estados

CI – Nos que restam.

Estado de Minas

BH vai ser vigiada por 326 câmeras

CI – Não vigia quem não quer.

O Globo

Dados pessoais sigilosos são vendidos na rua em SP

CI – Manchete velha…

Jornal do Brasil

Gasto de brasileiros no exterior é recorde

CI – Gastos e déficits.

Correio Braziliense

Asa Norte se revolta com falta de polícia

CI – E o Brasil com a falta de vontade.

Zero Hora

Calorão e queimadas superlotam hospitais

CI – Esse é um dos velhos problemas.

Valor Econômico

União limita compra de terras por estrangeiros

CI – Aleluia.

CI – Comentário Inconfidente