Porquês…

 Posted by at 2:28 pm  Pergunte ao Monge
jun 232010
 

Monge, por que tantos porquês? (Luiz Fernando “Liws”)

Por que tantos porquês? Qual o problema com a capacidade do ser humano em indagar? Se não fizéssemos tantas perguntas sobre o mundo que nos cerca, será que conseguiríamos chegar até onde chegamos? Nossa civilização teria se desenvolvido da maneira como é hoje? Aliás, haveria alguma civilização? Será que não estaríamos ainda no tempo dos macacos, aceitando a natureza da maneira como ela se oferece, ao invés de tentar modificá-la seguindo as nossas dúvidas quanto à funcionalidade do ambiente? E isso seria uma coisa ruim?

Se perguntar não ofende, por que tem tanta gente que fica indignada quando é perguntada sobre alguns assuntos? Estaria a nossa capacidade de oferecer respostas diminuindo cada vez mais, conforme aumentam os questionamentos? Ou será que tem assuntos que ninguém quer dar a resposta? Há alguma resposta para estes assuntos? Será que o leitor desta coluna também pensou agora em políticos, advogados e banqueiros, principalmente? E se há tanta mentira nestes meios, o que será que eles escondem? E por que dissimulam tanto? Falta de caráter?

Já lhe fizeram alguma pergunta a qual você não sabia ou não queria dar a resposta? Se sim, qual dos dois? Se você não quis dar a resposta, qual foi o motivo? Será que você, caro leitor, também fica desconfortável quando um assunto qualquer faz menção aos seus segredos mais íntimos, mesmo sem querer? Você compartilha destes segredos com alguém? E esta pessoa, compartilha dos segredos dela com você? Isto significa que você não tem só os seus segredos a esconder, mas também os segredos de outra pessoa? Isto lhe incomoda, de alguma forma?

Aonde o Monge está querendo chegar? Não é esta a pergunta que está martelando sua cabeça neste momento? Ou será que você já abriu mão e parou de ler faz tempo, e agora estou escrevendo para algum leitor imaginário? E este leitor imaginário, será que tem imaginação? Se ele existe apenas na cabeça do Monge, não seria justo ele saber que é um ser imaginário? Que criador cruel não daria à sua criatura o dom de compreender o porquê de sua existência, sua verdadeira razão de ser? Mas e se esta criatura não aceitar sua própria condição? Voltaria-se contra seu criador? Este, então, o que faria?

Percebe, leitor, o poder que reside em nossa capacidade de fazer perguntas? Indagar sobre a vida, a morte, a natureza e o universo não seria uma forma de tentar compreende-los? E se eles mandarem uma resposta?

jun 232010
 

A Cidade

Lista de contas rejeitadas tem nove ex-prefeitos da região

CI – E atuais?

Gazeta Ribeirão

Transplante de orgãos tem queda em Ribeirão

CI – Doar a quem doer.

O Estado de São Paulo

Chuva desabriga 115 mil no NE e ajuda federal deve levar 1 mês

CI – Por que demora tanto?

O Globo

Aumenta a dependência do país ao capital especulativo

CI – Será?

Folha de São Paulo

General critica Obama e abre crise nos EUA

CI – Interesses.

Jornal do Brasil

Tragédia mobiliza o país

CI – Chuva nordestina.

Correio Braziliense

Governo movido a tragédias

CI – Manchete estranha.

Zero Hora

Desolação no Nordeste

CI – Sempre em frente.

Estado de Minas

Lista suja do TCU pega mais de 200 prefeitos em Minas

CI – É um atrás do outro.

Valor Econômico

Déficit da indústria triplica e chega a US$ 18 bi até maio

CI – Gastar o que tem, economizar além.

CI – Comentário Inconfidente