mar 262010
 

O motociclista passa bem

É um dos pontos mais críticos da cidade. Cruzamento da Rua Álvares Cabral com a Campos Salles, via de acesso ao centro da cidade de quem vem de Sertãozinho. Movimentado? Comportamos  proporcionalmente uma das maiores  frotas de  veículos por habitante. Mais de 340 mil veículos automotores.

(Nâo vamos comentar sobre a ignorância, para não alegar estupidez, de quem teve a brilhante idéia de fermentar  a economia através de incentivos aos fabricantes de carro.  Imagine que tivemos a oportunidade de obrigar as maiores montadoras do mundo a receber benefícios públicos mediante compromisso de produção de veículos elétricos baratos. Isso seria Independência.  )

Um motorista, por volta das 18h30 da noite, ao atravessar  a preferencial da Campos Salles , acertou uma moto em cheio. O motociclista já caiu recolhendo os capacetes, e caminhou até a calçada, onde desabou. Instinto de sobrevivência. O SAMU apareceu após um tempo. Não os culpem. Com o trânsito que temos, pede-se não sofrer qualquer infortúnio na região central e demais pontos críticos da cidade.

Conhecem algum?




Confira também

coded by nessus

  2 Responses to “A ignorância do acidente”

  1. Outro ponto bem complicado do centro de Ribeirão é o cruzamento da R: Garibalde com a Duque de Caxias, dentre outro vários!

  2. Dentre tantas ignorâncias, cito uma terrivel: tantos pontos na nossa cidade precisando de semáforos e tantos outros com tantos sem a mínima necessidade. Que TANTÃO de gente despreocupada “nas direções” da nossa cidade, né!?

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>