Fechado para o pecado

 Posted by at 2:32 am  Sem categoria
fev 132010
 

Reflexo social

É quase meia-noite, mas ainda é sexta-feira. Rua São Sebastião vazia, luzes apagadas, a cidade está quase silenciosa. Na porta está o Juca, como é mais conhecido, que recolhe suas coisas, encaixota e as coloca no carro. Ao se despedir deixa para trás ele, o Cine São Paulo, fechado por realizar atividades consideradas de azar. Longe da imprensa, dos transeuntes e do alarde causado pela reabertura da casa, o proprietário se despede do dia e sai.

Distante dessa calmaria, a tarde foi de tensão. No centro da cidade, lotado como de costume, o calor escaldava os ribeirãopretanos, que esperavam o feriado prolongado chegar. Mas parece que aquele pedacinho da cidade se esqueceu disso. Às duas horas a abertura, às quatro o barulho. Ministério Público, policiais e fiscais. Clientes inconformados contestavam, estavam ali para mais uma tarde de diversão. Dona Maria bem disse: “sou cliente há mais de dez anos, faz bem para minha cabeça e para meu bolso”. Ela não entende o que existe de errado. Fala alto, quer ser ouvida.

Tão antigo como o prédio que habita, o Cine São Paulo, que mora ao lado da esquina do pecado, causa murmurinho. Aliás, mais que isso. As últimas semanas foram repletas deles. O senhorzinho guardador de carros comentou que eles voltariam. “Se ficar aberto no feriado, faturam para o ano inteiro”. E completa: “não importa o tempo que durar, é lucro na certa”. Nunca a propaganda boca-a-boca deu tão certo. E hoje, “Seu” Luiz, que prefere ser identificado como um curioso que passava pelo local, indagou: “se é para ficar fechado, que fique, mas se não, que mal tem? Todo mundo na cidade sabia da reabertura. Por que não acabam com os outros tipos de jogos?”

Enquanto o Carnaval não chega, pierrôs e colombinas bem que tentaram se divertir, mas não conseguiram. Considerada como atividade de azar, a casa foi fechada após duas horas de funcionamento, por não possuir Alvará do Corpo de Bombeiros e da Prefeitura Municipal. A reabertura foi autorizada através de liminar, mas o projeto de funcionamento das casas de bingo está em tramitação na Câmara dos Deputados, seguindo para o Senado e posteriormente para sanção presidencial.




Confira também

coded by nessus

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>