jan 202010
 

Evolução. Foi o que firmamos como compromisso a cada edição. E com a contribuição de nosso público.
Na capa, uma novidade. Contamos com um fotógrafo deficiente visual. Ele usa da pura percepção de ambiente e da descrição espacial para a captação de imagens. Tivemos uma aula de fotografia. Uma nova forma de pensar e sentir as imagens.
A nova seção Inconfidência Literária nasceu pela demanda do lirismo (tendência literária que privilegia a particularidade de pensamento e as formas que deixam transparecer o estado de alma do autor). Faltou o lúdico! – disseram. Eis que fomos abraçados pela poetisa. O Colóquio abriu caminho a outro abraço precioso. Só não aceitou sua identificação. Um mistério literato.
A Venda Legal passou à distribuição. Passamos ao quase plágio com o “Quer doar quanto?”. Atravessar o sistema é difícil e optamos pelo caminho das pedras.  Você recebe o impresso, pdf ou o podcast. Caso acreditar que a leitura valeu o seu tempo, doe o que desejar ao jornal. Sem obrigação. Na próxima edição, as informações necessárias.
Nossos pecados confessados no Inconfidências da Casa e nossa casa instalada no centro histórico de Ribeirão, à rua Álvares Cabral, nº 469. Edifício Antônio Diederichsen, sala 122.

Sejam bem vindos, sempre.

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>