Diet ou Light?

 Posted by at 8:08 pm  Sem categoria
jan 282010
 

(publicada originalmente na edição 6 – junho de 2009 – segunda quinzena)

Você está fazendo compras no supermercado e vai até a prateleira de bolachas e biscoitos. Ali, você encontra exemplares diet e light. Ao escolher, você pensa: “Hum… o diet com certeza tem menos calorias que o light. Vou ficar com ele!”. De lá, você resolve passar na seção de chocolates. Então, dentre os mais diversos tipos, sabores e formatos, você vê uma versão diet daquele seu chocolate favorito. Não pensa duas vezes: “Já que é diet, como com menos culpa!”. E o coloca no carrinho.
Mas, a caminho do caixa, você repara em outros produtos, como o sal light, e eis que surge a dúvida: afinal, qual é a diferença entre um produto diet e um light?
Então, vamos lá: um produto diet é aquele que é isento de algum nutriente (açúcar, sódio, gordura, etc.), e um produto light é aquele que sofreu redução de pelo menos 25% em algum nutriente, se comparado ao produto convencional.
Agora, vamos exemplificar:

Diet
Produtos diet são elaborados para dietas restritivas, ou seja, para pessoas que apresentam condições específicas de saúde, como diabetes, hipertensão e colesterol alto.
Produtos sem açúcar são destinados a diabéticos; produtos sem sal são destinados a hipertensos; e assim por diante. Então, produtos diet não são necessariamente indicados para quem quer perder peso!
Esse é o caso do chocolate diet: para compensar a quantidade que o produto teria de açúcar, há uma quantidade maior de gordura. Portanto o chocolate diet pode ser até mais calórico que um similar convencional. Então, atenção: a ausência de açúcar não significa necessariamente menos calorias!

Light

O produto light tem algum nutriente reduzido em pelo menos 25%, se comparado ao produto convencional. Assim, da mesma forma que se encontra um iogurte light, com teor reduzido de gordura, é possível encontrar um sal light, com teor reduzido de sódio. A redução de algum nutriente não significa necessariamente uma redução calórica.

Então, o recado é o seguinte:
Produtos diet e light não tem necessariamente menos calorias! Quem deseja emagrecer deve primeiramente procurar um médico, e principalmente não consumir produtos diet e/ou light indiscriminadamente, pois a supressão ou redução de algum nutriente pode vir acompanhada do aumento ou inclusão de algum outro.
Além disso, como esses produtos tendem a ser mais caros que suas versões tradicionais, é importante observar a tabela nutricional para saber se a troca pela versão diet ou light é justificável, se ela vale a pena mesmo.
Comece observando as tabelas nutricionais dos produtos quando você for fazer sua próxima compra, e vá se familiarizando com o formato e os termos da tabela. Seu corpo só tem a ganhar com uma atitude consciente! E boas compras!

Fonte: http://www.inmetro.gov.br

 Leave a Reply

(requerido)

(requerido)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>